quinta-feira, 19 de agosto de 2010

INFINITO PARTICULAR - Um pouco das músicas que adoro e que de alguma forma lembram momentos especiais...


Esta música é da época em que eu e o Claudio nos conhecemos...era a "música dele para mim"...sempre...sempre te amo Claudio!!!!!

TODO AZUL DO MAR - ROUPA NOVA

Foi assim como ver o mar
A primeira vez que meus olhos
Se viram no seu olhar
Não tive a intenção
De me apaixonar
Mera distração
E já era o momento de se gostar
Quando eu dei por mim
Nem tentei fugir
Do visgo que me prendeu
Dentro do seu olhar
Quando eu mergulhei
No azul do mar
Sabia que era amor
E vinha pra ficar
Daria prá pintar todo azul do céu
Dava prá encher o universo da vida
Que eu quis prá mim
Tudo que eu fiz
Foi me confessar
Escravo do teu amor,
Livre para amar
Quando eu mergulhei
Fundo nesse olhar
Fui dono do mar azul
De todo azul do mar
Foi assim como ver o mar
Foi a primeira vez que eu vi o mar
Onda azul, todo azul do mar
Daria pra beber todo azul do mar
Foi quando eu mergulhei no azul do mar





Essa música dedico a minha filha linda, Victória, que amo tanto...tanto...tanto...


QUANDO A GENTE AMA - OSWALDO MONTENEGRO


Quem vai dizer ao coração,
Que a paixão não é loucura
Mesmo que pareça
Insano acreditar

Me apaixonei por um olhar
Por um gesto de ternura
Mesmo sem palavra
Alguma pra falar

Meu amor,a vida passa num instante
E um instante é muito pouco pra sonhar

Quando a gente ama,
Simplesmente ama
É impossível explicar
Quando a gente ama
Simplesmente ama!









 Essa música é tudo de bom, amoooooooo, me sinto muito bem quando a ouço, uma Paz tão gostosa!!!


INFINITO PARTICULAR - MARISA MONTE

Eis o melhor e o pior de mim
O meu termômetro, o meu quilate
Vem, cara, me retrate
Não é impossível
Eu não sou difícil de ler
Faça sua parte
Eu sou daqui, eu não sou de Marte
Vem, cara, me repara
Não vê, tá na cara, sou porta bandeira de mim
Só não se perca ao entrar
No meu infinito particular
Em alguns instantes
Sou pequenina e também gigante
Vem, cara, se declara
O mundo é portátil
Pra quem não tem nada a esconder
Olha minha cara
É só mistério, não tem segredo
Vem cá, não tenha medo
A água é potável
Daqui você pode beber
Só não se perca ao entrar
No meu infinito particular

3 comentários:

Glaucia disse...

Menina...eu amooooo essa música!Aliás eu amoooo Marisa Monte!!!!
Amiga que coisa mais linda essa caixa com rosas aqui de baixo! Fora o seu capricho nos acabamentos, vc é uma artista!!!!
Beijos e já estou seguindo...

Lizama disse...

Também amo esta música. Outra que gosto muitooooo é Vilarejo. Muito obrigada pelo o elogio, para terminar a caixa (esta é minha) tive que ter uma paciência, depois te conto a história.

Liz Menezes disse...

Oi minha linda, encontrei seu blog e achei super lindo, quantas coisas belas você faz. parabéns e que Deus continue abençoando teus talentos.
beijinhos e até logo.